Somos energia! Um poder – ou força –, que por algum motivo misterioso, nos condensa neste planeta e desconheço o porquê.

Alguns chamam apenas de vida, outros de experiência, há quem, até mesmo, denomina como sendo uma necessidade ou experiência. Porém, o que de fato acontece, é que estamos na Terra e somos uma consciência viva.

Consciência?!

Sua dor pode não ser a mesma que a minha, mas estamos cientes de estarmos aqui. Eu sei de mim e, talvez, de você também. Este saber das coisas e pessoas nos torna conscientes e  isto nos une de alguma maneira, mesmo que você me odeie.

Pode ser que você chame esta “Consciência” de Deus, então, para você, Ele existe.

Por saber desta divindade, você se controla e vive dentro de regras e leis que, de alguma forma, O agrada, algo que, com certeza, as recebeu de alguém que você considera em sua mais alta estima.

Mesmo que ninguém que você conheça saiba da real existência Dele, algo palpável e tangível, você, através de suas lógicas e sensações, O admite como uma existência poderosíssima e igualmente viva.

Você se considera uma pessoa equilibrada, respeitadora e temente a um Deus que jamais vira, mas admite ser uma figura constantemente presente em sua vida e, muito provavelmente, alimentada através de alguma religião.

Ainda nesta religião, você foi ensinado de que este Deus nos fez sua imagem e semelhança, ou seja, somos parte do que ele inventou, somos sua criação e a representação mais perfeita Dele mesmo.

Você jamais O ofendeu, porque você O respeita demais, mas acredita que as pessoas ruins e de caráter fraco devam ir para o inferno. A imagem e semelhança Dele, deve  arder no inferno pela eternidade e isto te parece justo.

Você é temente a Deus e acredita que todos devam andar atentos, respeitosos, jamais cair em tentações e más influências.

Você, ao falar de sua religião, se dirige com respeito e cuidado.

Se for um católico, por exemplo, faz o sinal da cruz e utiliza um terço próximo a si, para que se sinta defendido do mal.

Apesar disso, você condena pessoas ao inferno, rouba seu irmão, julga políticos, desvia dinheiro da empresa que trabalha, faz malandragens escondido e condena as pessoas o tempo inteiro. Porém, de alguma forma, dentro de sua crença, está seguindo o caminho da Luz e tem Deus no coração?!

Creia, isto tem um nome: Loucura!

Suas curas, proteções e preces são tão vazias, como a pílula placebo… pode crer!

Seu Deus é uma bobagem, já que, milagrosamente, toda a sua safadeza não é parte das leis deste Deus que você defende, mas você O responsabiliza e crê que tem o direito de julgar e sacanear o próximo sem ser julgado.

Seu Deus e as regras que você diz vir Dele não existem!

Cansado de suas bobagens e do seu Deus placebo!

Amém?!

 

 

 

Anúncios