O vídeo que posto abaixo, creio que não passa de uma bela montagem no After Efects. Porém,  fica a tal da ideia de um cubo flutuante! Não é bem isso que me recebe quase todas as manhãs, mas é por aí! Se bem que estas visões têm sido bem mais raras. Só para deixar claro, não me perturba em nada! É isso aí e tudo bem! kkk

Bateu no meu portão e tocou a campainha logo de manhã . Quando digo manhã, quero dizer muito cedo, mesmo, para um Domingo e, principalmente, para mim!!!

Acordei um pouco assustado e fui verificar do que se tratava!

Antes de abrir a porta pensei mil coisas horríveis sobre o que poderia ser aquele chamado.

Ao abrir, dei de cara com uma senhora, talvez nem tanto, mas seus cabelos amarrados, embolados no alto da cabeça, suas roupas largas e sisudas a tornavam ainda mais envelhecida.

Matei a charada antes mesmo dela abrir a boca, mas esperei que revelasse suas intenções antes de confirmar o óbvio, uma religiosa:

– Posso ter um minutinho para lhe falar sobre a palavra de Deus?

– Sou macumbeiro, respondi de forma seca e eliminei ali, de imediato, qualquer possibilidade de continuarmos aquela conversa.

Esta, aprendi com meu pai que, assim como eu, nunca sequer viu um tambor de perto (creio), apenas uma forma clara de não querer papo naquela hora. Algo compreensível para alguém que já tinha sua própria fé, algo inabalável, para perder tempo com alguém com outra linha de raciocínio. Ei, pai! Esteja onde estiver… isso funciona de verdade! Homem porreta! rsrsrs

Antes de partir, ela me retrucou: – Que Deus lhe dê o dom da fé! E partiu.

Todos aqueles que se dizem religiosos fervorosos e “efervescentes”, têm esta “qualidade”, acreditar piamente que a fé deles é a certa e que ninguém mais tem esta habilidade! Um erro e um porre! Pode crer!

Primeiro pensei em mandar ela à merda, mas apenas agradeci e voltei detonado, mal-humorado e emputecido para a minha cama. A “palavra de Deus” que ela prega, foi a destruição de uma manhã positiva, maravilhosa e bem dormida.

A visita dela, naquele horário da manhã, e creio que ela seja inocente nisto, arrasta um pezinho do capeta junto. Não é possível que ela pense que está fazendo um bem para a humanidade! Não creio!

Fé! Este é o tema e farei força para me concentrar nisto!

O Wikipédia diz: “é a adesão a uma hipótese que a pessoa passa a considerar como sendo uma verdade apesar de não poder provar, pela absoluta confiança que se deposita nesta ideia ou fonte de transmissão.”

Lindo, humano e cada um com sua intensidade, possibilidade e imaginação. Tenha seu grau de fé e viva feliz com ela, mas não queira empurrar sua forma de pensar goela abaixo aos que apenas creem com moderação e objeções.

Tudo o que não é palpável, visível e é imaginado, deve ser tratado com certo cuidado. Ainda mais se não há provas, mesmo porque, quem garante que não há aí uma pitadinha de maluquice? Digo isto me ouvindo, afinal, nunca quis te enfiar na cabeça, à força, que têm uns cubos flutuando no meu quarto pela manhã, sendo que… pra quê? kkk

É doido? É! Porém, isto é uma realidade minha e que não representa nada para você, ou então, compartilharíamos esta visão, não é mesmo?! Nem Deus e nem Demônio…. apenas um cubo insistente! Vai saber? Bom, ninguém se declarou e nem assumiu a obra, deixa rolar, mas tenho meu palpite de que possa ser eu mesmo imaginando coisas! Nunca descartei esta possibilidade e nem dou muita importância também.

Antes de querer se colocar acima de alguém, ou desejar sua realidade como a perfeita, lembre-se, muitos pastores vivem num luxo inacreditável e inadmissível, os católicos queimaram vivas muitas bruxas curandeiras na Idade Média, até aparentar uma religião mais experiente e discreta – espero que sim–, ou seja, todos erram. Porém, o poder absoluto, sob uma possível credibilidade divina, é um ótimo caminho para o erro fatal, com direito a extermínios cruéis e sem piedade.  Colocar poder demais em alguém, sem nunca questionar, afirmando que é a vontade de Deus, não é um ato inteligente e nem saudável.

Sou devoto da Fé Questionadora, um lindo anjo que Deus(?) deu a todos, para que iluminasse e trouxesse o Amor nas almas desejosas por tempos melhores, sem escravidão, tecnologia avançada para todos, curas, fortuna, harmonia, paz e o lindo poder da dúvida e indagação, para que se possa questionar e entender os muitos porquês do Mundo.

É fato que devotos deste anjo quase nunca dizem Amém, pois suas almas têm a ânsia de saber mais, sem conseguir fechar uma ideia como sendo a única, verdadeira e insubstituível.

Talvez, sua fé não bata com a minha, mas eu aceito sua ignorância em aceitar cegamente e seguir o caminho fácil do Amém, Aleluia e coisas do tipo!

Eu, por minha vez, escolhi a difícil caminhada das reticências…

Obs: Peço para que duvide deste texto, pode ser apenas uma invenção da minha cabeça, assim como os cubos que flutuam sem sentido pelas manhãs.

 

Anúncios