Quase sempre coloco um vídeo antes da história. Porém, desta vez, peço que você ouça esta música antes de ler meu texto, pois é exatamente isto que senti quando o escrevi. Boa música, boa leitura e deixe sua alma voar! 🙂

Uma brisa leve  bateu na minha janela, adentrou ao quarto, o preencheu com seu toque frio, distante e amigo!

De onde veio?

O que sabe das coisas?

Entra em meus pulmões e se vai.

Para outros pulmões?

Traz consigo o ar que me permite a vida, como um presente de Deus, talvez de dentro dos pulmões Dele para os meus.

Traz consigo experiências de outros. Alegrias, tristezas, saudades e Amor. Muito Amor.

Entra em minha vida e se vai, para outros cantos, com minhas percepções e com minha gratidão.

Segue e vai, assim, para lá do mar, para o mais alto céu, ou para alguém que já não sofre mais, pois sente essa mesma alegria que passou por aqui, essa mesma gratidão e esse mesmo Amor!

Anúncios