Uma luta firme e árdua, assim vejo a vida pelo meu atual ponto de vista!

Porém, desde há muito tempo, talvez dos 6 anos em diante, sempre me encontrava em sonhos executando uma estranha e difícil tarefa: Resgate.

Acordava no meio do sonhos, como se lá fosse a minha vida real, em tremenda batalha entre túneis, pontes e caminhos que não conseguiria explicar.

Acordava saudoso de estar naquela batalha e liderança. Me chamavam de capitão, ou comandante, apenas lembranças distantes de um homem forte, determinado e na tarefa de liderar com todas as forças aquela equipe unida e fiel.

A tarefa? Resgatar almas!

Existia um brilho especial nos olhos e um desejo imenso de fazer o trabalho. Executar com perfeição!

A cada alma, uma felicidade sem fim, porém com a frieza necessária ao cargo!

Correndo por túneis, falando, gesticulando, apontando caminhos e liderando a equipe com paixão. A cada tarefa realizada, uma sensação de dever cumprido. Alegria!

Por algum motivo, que desconheço, este homem, que hoje sou eu, nasceu mais uma vez na Terra e, inexplicavelmente, nada mais fez sentido!

Hoje, parece que ele é a alma a ser resgatada!

Não queira me convencer de suas malandragens, nem de suas crenças, isto não me interessa.

Luto para que minha alma se sinta bem e melhor a cada dia, mesmo que tudo me aponte o contrário.

Não quero mais aliados se não provarem merecedores, já errei o suficiente até aqui.

Existem muitos seres que precisam de apoio para suas obras escusas, ou mesmo as que dentro da lei, porém sem a força e a coragem de quem desafia e coloca o barquinho na água e começa a remar. Viajar por si só, sem procurar e nem se agarrar por outros, revelando sua covardia.

Afaste sua vida medrosa de mim, deixe-me ir em frente sem suas lamentações e este seu desejo de arrastar as pessoas para o seus demônios.

O que aconteceu? Não sei! Apenas um grande vazio e uma espera sem fim!

Todavia, nem tudo é desespero e desconfiança. Não mesmo!

As vezes elas vêm ao meu encontro, nestes mesmos sonhos.

A mais poderosa delas é encantadora e me fala mil coisas. Palavras de apoio e crescimento.
Eu me esforço ao máximo e ouço como posso. Tento me concentrar na mensagem, mesmo quase perdendo o foco e a consciência.
Ela conta histórias e me mostra as figuras ao redor para que tudo fique claro, mas sabe das minhas limitações, distrações e da minha memória ruim!
Rezo para não esquecer seus ensinamentos, me esforço e me concentro ao ponto de sentir as minhas vistas arderem e não perder nada daquele momento, de suas explicações.
A mais poderosa bruxa que eu já havia conhecido, sempre está ali, por perto, paciente, diante de mim e preocupada comigo! Ali, naquele lugar meio abstrato, como os sonhos sempre são, a amo como se ama os seres mais puros e, ao mesmo tempo, tenho um respeito fiel e uma admiração inigualável, como se têm com as criaturas mais poderosas e honradas.
Diante de seus avisos e preces, apenas a observo respeitosamente.

Sei do seu bem querer por mim, assim como uma mãe preocupada e conhecedora das forças do invisível ao nosso redor.
Sempre me dirige uma prece poderosa e sorri com seu sorriso maternal e amoroso, elevando assim, mais uma vez, as minhas forças e o meu desejo de acertar.
Geralmente, antes de acordar e continuar a batalha por aqui, a abraço comovido graças a tamanha energia positiva e, só então, volto para a minha condição humana de todos os dias. Nesta luta simples e aparentemente tão sem sentido. Quem sabe um intervalo ao que realmente sou?

Sonho assim é comum? Penso que, talvez, não seja!

Só sei que acordo saudoso demais e, as vezes, sinto até dificuldades em continuar por aqui.

Parece que falta um objetivo! Aquela equipe, as bruxas, o entusiasmo com a vida e a determinação de quem comanada. Consciência e atitude.

Por isso, acordo, ergo a cabeça e afirmo para mim mesmo todos os dias:

– Tudo bem! Vai ficar tudo bem! Sei que, mesmo não aparentando nada, há algum objetivo nisto tudo. Elas ajudarão a me reencontrar.Eles me encontrarão.

Aguardo o resgate.

 

Anúncios