Entre pasmo e encantado me pego olhando para o céu às 4h da madrugada.

Lindo céu iluminado pela maior lua que já havia visto em toda a minha vida!

Brilhante, verdadeira e gigante! Uma bola radiante que iluminava todo o céu, sem diferenciar justos e injustos, bons e maus, apenas lá no céu e embelezando a madrugada.

Confesso que fiquei emocionado com tamanha beleza gratuita e rara, logo ali. Toda minha? Porque não?! :p

Bom, sendo eu o único ser acordado e pensante naquela janela e, aparentemente, por toda a minha rua, só poderia crer que aquele presente era em minha homenagem e por mim! Um pouquinho de egocentrismo não faz mal a ninguém kkk

Meu primeiro ato foi agradecer aos deuses pela oportunidade, seja lá qual fosse o motivo.

Bebi meu copo de água, motivo principal pelo qual me dispus a levantar tão cedo, e voltei para meu quarto ainda pensando na maravilhosa visão.

Já deitado em minha cama, num calor absurdo e sob o barulho incômodo do ventilador, me veio em mente, não me pergunte o porquê, uma frase de Facebook: Ele venceu! Talvez por ter agradecido a alguma divindade daquele momento especial.

Não conseguia me lembrar quem havia postado aquela imagem, onde havia uma “foto” de Jesus e uma frase em cor destacada, com uma fonte sem serifa e em bold, como é peculiar nos posts virais.

– Ele venceu! Exclamei baixinho comigo mesmo!

Como se deve ter cuidado ao afirmar estas coisas.

É fato que as pessoas criam suas histórias, heróis e vilões, certos e errados, bons e maus, talvez uma maneira de se afirmar no mundo. Acho natural e faço isto direto… tudo bem! É bom tentar se entender e descobrir.

Porém, o que é isto que rola por aqui, neste mundão sem fim?! Creio de verdade que tudo é bem maluco, impossível de engolir. Ao ponto de uma população, de um país inteiro, ou até mesmo mundial, se entregar a tanta coisa sem sentido!

Há que se rever conceitos, mesmo! E isso é sério!

Começa pela foto de um galã das galáxias: Jesus! Um homem do Oriente Médio, que estranhamente é branco, loiro e de olhos azuis! Pois é, bem atípico.

Tudo bem, existem questões políticas envolvidas. Ei! Você que é negro, reveja este senhor a quem tem feito suas preces, pois esta representação divina foge muito do que se vê na região de onde ele foi concebido. Pode escurecer e encrespar bem mais, aí você estará falando com a pessoa correta! Mas, tudo bem, a visão é sua e a crença também!… tudo bem mesmo! Não é esta a minha questão.

Ele venceu!

Do que raios estamos falando?! Venceu?! Como assim?! Peralá, então, este era o projeto de Deus? Isto que vemos por aí é a vitória divina?!

Se a frase fosse: Ele deu o primeiro passo. Pô! Legal! É isso aí… hora de lutar pelo resto. Pois é! Mas não é bem assim, a galera já mete um: Ele venceu!

As frases que rolam por aí são muito loucas! Ele venceu! Deus é Fiel! Deus é Dez!

Caracoles! Seja lá quem for o redator oficial de Deus na Terra… pare! É preciso pensar mais!

Tá tudo errado! Aparenta que cultuamos um cara aí! Um Brother, um chegado…  e é nóis! Aquelas coisas todas de periferia.

É preciso refazer este blá, blá, blá que rola solto pelas bocas autorizadas dos Cristãos berradores de Deus e donos da verdade.

Me irrita esta gritaria, esta tentativa desesperada de convencer, destas hipnoses coletivas, das histórias eufóricas, fantásticas, criadas e recriadas, para que tudo aponte um milagre, um Deus à disposição, tal qual ao Maravilho Gênio da Lâmpada Encantada. Quer resolver suas paradas doidas? Esfregue aqui e #xárolar.

Ei! não me entenda mal. Não viaja Sr. Ateu, malandrão, bandidão e sozinho no mundo! Eu não desacredito do invisível, só não creio neste papo furado aí.

É preciso rever geral e mudar tudo. Refazer e recriar esta fórmula. Está esquisito demais.

Não! Ninguém venceu nada! Sai disto aí. Não somos o sonho incrível de um mundo lindo e inspirador. Na verdade, creio estarmos bem longe disto. E se você acha que estou falando groselha, aconselho sair deste computador, levantar a cabeça e frequentar um pouco mais as ruas, periferias e seus muitos negócios ilícitos, corrompidos e corruptores. A coisa tá feia, pode crer!

É preciso ver além, querer de verdade, mudar seus paradigmas e falta de vontade com o próximo.

Seu estado ilusório de superioridade nos torna pessoas piores e abaixo. Você estraga toda a humanidade, porque a mudança do mundo vem de você, na sequência dos que estão próximos e assim por diante. Um a um, até atingir a todos.

Pare de crer tanto nesta religião que você carrega aí no seu coração e comece a viver e respirar a mudança de verdade. Este seu jeito e a sua realidade, não prestam! Este Deus é falso, porque é seletivo, não abraça a humanidade. É um Deus para os limpinhos, bonitinhos e que esbanjam saúde e conforto. Seu Deus atual diz bom dia animado ao chefe e escarra nos fornecedores, carregadores, terceirizados, no pessoal da limpeza e os de rua. Ele não tem sido lá grande coisa. Bobagem!

E os que vêm de baixo, também não representam em nada esse Deus que deveria existir e vencer.

Troca isso aí por Amor de verdade, boa vontade real, sorriso no rosto e ausência de estupidez.

Esta sua opinião, a pessoa da última palavra, a razão em tudo, a todo o tempo e em prol do seu bigão têm que ser trocada por algo mais interessante, mais humano e confiável.

Não! Ele não venceu! Não ainda!

Força! Lute por tudo aquilo que não somos e não fazemos. Então, aí sim, quem sabe receberemos aquela Luz Divina, o Deus, que ainda não é o cara, mas que poderá ser e que passaremos a merecer?

Hoje, Ele não venceu… ainda não!

E a culpa é sua, espertalhão!

 

 

 

Anúncios