Minha terra é nublada, cinzenta, poluída e infestada de pessoas de má fé!

Gotham City! Você sabe do que estou falando.

Lugar corrupto, sem escrúpulos e de pessoas rasteiras.

Já nem ligo tanto assim e nem tenho tempo para isto, tenho que sobreviver! Os governos deram um jeitinho nisto também.

 

Por aqui, os governantes são a pior raça que se possa imaginar e parecem disputar os holofotes das maiores atrocidades, como o atleta olímpico atrás de sua medalha.

Suas palavras e atitudes, muitas vezes com carinha dócil e animada, faz parecer que quanto maior a tragédia e a arrogância, maior seu status e poder. Fato que se repete como uma grande corrente através dos cargos públicos logo abaixo. E pisar nos coitadinhos se tornou um ato até admirável!!!

 

Retirar os direitos dos menos favorecidos, esfregar a cara do adolescente no chão com a força de homens formados e musculosos de suas polícias “bem preparadas”, ao não admitirem que estes busquem melhores condições de estudo, na tentativa frágil de que suas escolas não sejam fechadas sem nenhuma razão aparente, senão o puro desejo estúpido e arrogante de um governador canalha e seu modus operandi egoísta e inescrupuloso por “economia”, sendo que seus luxos e salários absurdos, desvios de verbas e propinas seguem a revelia e com força total.

 

Na outra ponta, a “oposição” não deixa por menos e contribui com a mesma imbecilidade ao assaltar uma cidade inteira com radares e obras supérfluas em “prol” de uma suposta preocupação estranha com a vida e o bem estar de seus cidadãos. E, assim, milhões desviados e aplausos imbecilizados dos eleitores idiotizados e certos de que tudo vai bem.

 

A marginalidade solta, protegida pelos direitos humanos, corre livre e feliz por toda Gotham sem ser impedida, dando a impressão, até mesmo, de que têm o apoio das autoridades, que os liberam mais cedo de suas punições, quando estas acontecem.

O povo, ou os poucos que raciocinam, entendem e vivem esta dor, sem serem ouvidos. Tentam desesperados clamar por investimentos naquilo que realmente importa, como um eco sem sentido ao gritarem solitários para que se faça investimentos sérios na área da educação, saúde e transporte.

 

“– Preferem dar o peixe ao invés de ensinar a pescar”, palavras que fazem todo o sentido por aqui. E as crianças, adolescentes e adultos, de tanta má educação e falta de visão, parecem nem saberem o que é o tal do peixe, já que o tempo os tornaram em zumbis caricatos, pois nem cérebros desejam mais.

 

Os que agem com deslealdade, covardia, roubalheira e desesperanças rodam pelas ruas com a naturalidade de quem deveria desejar um trabalho honesto, ter recursos e retornos diante da vida batalhada e certeira.

A vida honesta deveria ter sentido novamente!

Gotham City não vai bem!

E aquele sinal de socorro que sai do alto daquele prédio e ilumina as nuvens carregadas de nossa cidade já não faz muito sentido!

Estamos à mingua e sem forças!

O Morcego deve ter morrido!

 

Anúncios