Ontem prometi postar mais uma partezinha de uma história que escrevi e que tem um forte potencial para se tornar um livro, mas por merecer uma correção cansativa e minunciosa, ainda é apenas um sonho.

Não consegui postar, porque cheguei às “3h da madruga do trampo”!!! Haja forças e desculpem por isso, mas foi impossível postar!kkk

Aos que prometi, tá lá, um pequeno trecho do livro Conflitos, entre Jack e God – Capítulo 9 – O gigante! :

– Olha! Começou a falar todo empolgado – Um movimento, um pequeno e aparente ato inocente e eu já vi algumas histórias mudarem completamente! Disse-me com sua cara bolachuda e engraçada! Sempre de bem com o mundo!
Começou a apontar algumas figuras que passavam por ali, deixando claro que sabia da vida de todos daquela praça onde estávamos.
Então, ergueu seus dedos rechonchudos e avermelhados, graças ao corante da pipoca doce que comia barulhentamente e os estalou, fazendo com que o tempo parasse… congelasse! Depois daquele ato impressionante, em que todos daquela praça ficaram parados no mesmo lugar, com uma cara de boneco de cera, ele ergueu-se do banco onde estávamos com uma habilidade e rapidez impressionantes para o seu tamanho. Ele era um homem com um pouco mais de 200kg e altura acima dos 2 metros, passava entre as pessoas congeladas, cutucando-as e fazendo caretas, todo orgulhoso de si. Tinha um belo e chacoalhante sorriso, que só os muito obesos possuem, como se quisesse provar para mim que havia mesmo parado o tempo e que, por isto, queria minha aprovação, assim, parecendo um garoto exibido. Mas, como percebeu que eu já não prestava mais atenção nele, pois estava impressionado com o que via, enquanto verificava distraído aquele cenário improvável, deu uma pigarreada, como se tivesse alguma pipoca enroscada em sua garganta, se vestiu em seu personagem de pessoa séria e começou a me explicar:
– A vida é mesmo maluca! Não é mesmo? As vezes acontecem coisas tão desapercebidas, mas que com poucos movimentos e em segundos, a transformamos completamente! Falou esquecendo mais uma vez de sua seriedade, enquanto enfiava outra considerável porção de pipocas na boca:

– Por exemplo! Continuou sua explanação com a boca lotada de pipocas – Aquele rapaz de terno e gravata logo ali. Ele nem imagina que vai conhecer a mulher da vida dele, daqui a mais ou menos… cinco passos?!!! Aquele senhor do outro lado da praça está prestes a receber um telefonema de sua filha! Ele acaba de se tornar avô! E vai ser um ótimo avô! Mesmo que por pouco tempo!!! Parou para refletir sobre o assunto, como se visse algo além, depois, prosseguiu:

– Aquele menino na balança vai ter ódio de andar descalço na grama para o resto da vida dele, pois vai pisar em uma lesma nojentíssima!!! Falou da lesma, enquanto mudava de expressão, para dar uma gostosa risada, como se fosse a melhor piada que já fizera!
– Aquela menininha vai sonhar em ter cachorros grandes para sempre, porque aquele cachorrão ali, você está vendo? Ali, com aquele rapaz olhando as nádegas daquela mulher! Riu mais um pouco, respirou fundo e justificou: Distraído como está, diga-se de passagem por um belo motivo – Referindo-se à moça das nádegas grandes – Vai deixá-lo escapar e o cachorrão vai direto para a menininha. Então, eles vão brincar muito e como este vai ser um dos melhores dias neste parque para ela, vai relacionar ao cachorro, por isso, vai procurar um igual a este por muito tempo. Creio, que ela terá um cão parecido como este, apenas com uns quarenta e poucos anos!!! Disse pensativo, entre uma pipoca e outra.
– Sei que você não pode ver o que vejo e nem saber o que sei, mas há também situações interessantíssimas por aqui! Por exemplo, vê aquele menininho ali, todo cagado de lama? Vai ser o futuro presidente do país!!! Bom, pelo menos ele está bem acostumado com a sujeira! E riu me cutucando com o cotovelo!
– Aqueles dois rapazes vão ter uma briga feia no futuro, por causa de uma menina que mora naquela casa ali, mas o que eles nem imaginam, é que ela odeia homens!!! Ela vai se juntar com outra mulher, que vai conhecer em uma viagem pelo litoral!!! Seu bom humor e a maneira como me contava as coisas, me faziam rir quase o tempo inteiro, o que me fez pensar bastante, como o ser humano era mesmo estranho, afinal, visto pelo ângulo do gigante, tudo era muito cômico, ou melhor, mais engraçado do que trágico!
– Tudo é mesmo uma comédia!!! Deixei escapar meu pensamento em voz alta. O gigante parou de falar, me esboçou um sorriso compreensivo, mas sem exageros desta vez, talvez querendo ser respeitoso aos meus sentimentos tão humanos. Me ofereceu pipoca como se quisesse me consolar, depois disse antes de desaparecer e deixar as coisas voltarem ao normal: – Creio que você captou a mensagem!!!
Logo depois que sumiu, vi o rapaz tropeçar em uma moça muito bonita e parar para conversar com ela. O velho recebeu uma ligação e a moça lésbica saiu de sua casa, sob os olhares atentos dos dois rapazes.
Pensativo, mas bastante tranqüilo, chutei uma bola para o futuro Presidente da República enlameado e fui embora assoviando, pois no fundo, a vida é mesmo uma comédia!!!rsrsrs

 

Anúncios