Quão cruel, persistente e carregada pretende ser esta energia que rola solta sobre meu querido país?! Por isso rezo, para que isto se vá para sempre. Liberte o futuro, os pequeninos e os que amo, pois é neles que me inspiro e arranjo forças para prosseguir.

Se não por mim, que a plenitude seja presente na vida deles e esta tão desejada alegria, que me faz falta, os acertem em cheio!

Se não agora, que ela me encontre novamente e reacenda esta Luz poderosa que não compreendo e que tanto tem me feito falta, mas sabedor que sou de sua vontade em estar comigo também.

Se não por mim mesmo, que seja por você e em seu nome, meu pequeno. Uma bela história de vida, um sorriso infantil, maravilhoso e que me ilumina tudo ao seu redor. Creia, você é a minha felicidade e me basta!

Basta! Chega disto, deste negócio de que tudo o que vem em mim, tem prazo de validade curto demais e tem esta mania besta de me corroer por dentro, como um produto sem conservantes, chinfrim e caseiro demais para durar. Quero a alegria das grandes, poderosas e inesgotáveis presenças divinas em minha vida.

Outros, muito provavelmente, tirariam de letra tudo isto que me acontece neste momento e que não sei resolver.

Meus pensamentos e inteligência parecem não serem treinados para resolver coisas simples, mecânicas e cotidianas. Não mesmo! E isto me irrita pra caramba! Como se estivesse amarrado em minha cadeira, hipnotizado e sem forças.

Tropeço na vida em coisas bobas: marcar exames, pagar contas atrasadas na internet, arrumar o vazamento de óleo do meu carro, fazer as contas básicas do mês. Como se fossem monstros complicados e complexos… a descoberta do fogo!

Sou complexo e confuso? Será que nada em minha vida pode ser apenas 1+1=2? Pois é, parece que não. E isto me irrita pra caramba.

Resolvo, ajeito e crio coisas visuais, pensamentos profundos e extravagantes, como se fossem um simples ato de preparar um copo de Nescau! Porém, sou estranho e ajo de forma esquisita e desconfiada com o cotidiano! Por isso, já desisti de tentar resolver esta equação! 1+1. Deve ser uns 2.500 mesmo, ou perto disto! :p

Hoje andei tristonho pela praça e só vi e tive olhos para as descobertas do pequenino em seu skate! Suas remadinhas tortinhas e tombos escadalosos. Destes de deixar um pai com o coração na mão, mas muito bem disfarçados com o olhar distante e frio. A tal da indiferença e a cara de poucos amigos, que em nada combinam com minha alma boa e leve!

Nada de pânico e dramas, por favor, não são a minha cara, mesmo que por dentro um sujeito desesperado, desejoso de correr em seu encontro, te erguer, te pedir mais cuidado e aquelas coisas de pai, de quem ama acima do amor!

Vejo em você um outro carinha de muitos anos atrás! Menino bom… de verdade!

Não sei a resposta para este enigma em que o nosso querido país se encontra.

Movimentos sombrios, desajeitados e com jeitão daqueles filmes de palhaço maquiavélico.

Sim, eu rezo e rezarei por horas em seu nome e por você! Vai ficar tudo bem… tenha calma!

Feche seus olhos, não preste atenção neste monte de bobagens que circulam por aí.

Apenas escute minha voz, minha canção animada, estou aqui, estou aqui… trá-lá-lá!

Anúncios