Seus olhos brilharam assim que o vira em uma antiga foto.

Ela passara rapidamente diante de uma imagem simples, enquadrada na parede de um restaurante e a percebera ali, próximo a entrada, junto ao caixa.

Homem jovem, cabelos ao vento e o sorriso no rosto.
Era um momento descontraído, até mesmo corriqueiro e sem novidade.

Para alguns, uma foto qualquer em preto e branco de um homem qualquer, mas não para ela, definitivamente!
Podiam chamar de carência ou solidão. Podiam chamar de qualquer coisa, é verdade! Não são assim as pessoas?
Uma foto comum daquele rapaz igualmente comum em um momento feliz.

Era mesmo um dos mais felizes para ele, mas que, obviamente, ela não poderia saber, nem imaginar, já que nunca o vira em sua vida!

Encontro de almas? Encantamento?
Uma foto como qualquer outra, mas que a atraíra completamente, ao ponto de amá-lo intensamente!
Ela se apaixonara por aquela foto, um retrato qualquer como outros que já vira por aí, mas aquela em especial a cativara ao ponto de necessitar comprar. Tê-lo para si.

Como aquilo era possível?! Queria se envolver e estar junto, um eterno sorriso parado no tempo.

Se permitiu sonhar com ele e, assim, se viu ao lado, o apoiando, o acariciando… sendo dele!
Uma imagem simples, ele distraído, com o olhar distante, um sorriso sincero e aparentando tranqüilidade. Eterna felicidade!
Talvez sonhando com alguém que o amasse e fizesse daquele momento feliz algo ainda mais especial.

Quem sabe alguém como ela, para sempre… lado a lado!!!
Ela ali, o desejando. Ele lá, a rascunhando em sua mente!

Ele apenas uma foto em suas mãos. Ela apenas um sonho distante!

Intocáveis e imaginários para sempre.

Possíveis amantes em potencial, mas eternos estranhos.
Ela observava a alegria dele, como se soubesse ser por ela.

Ele a captando no ar, no vento e na brisa do mar!
Um amor imaginário e verdadeiro para ambos, que nunca aconteceu, ou acontecerá. Porém, que por si só… já é!!!

 

*Um texto de tempos passados e reformulado!

Anúncios