Tags

Como já disse em um outro texto, na minha eterna neurose de ouvir algo e me deter em seu significado oculto, reparei que hoje alguém lançou a seguinte frase:

– A vida tem que ser um copo cheio!

Gosto de copos cheios, literalmente!

Me irrita vê-los esvaziando, pela metade ou quase acabando.

Não! Eu não me refiro aquele pensamento de “copo meio cheio ou meio vazio”. Não é isso!

Estou falando do copo mesmo, o de vidro e com um bom líquido dentro.

Cheio, repleto e majestoso! Isto é o que me faz bem.

Sinal de que tudo está bem e que ainda tenho um motivo de estar por ali.

Pra minha tranquilidade e alegria, preciso que meu copo esteja cheio. (Atenção! Eu não consumo bebidas alcoólicas!) :p

Manter meu copo cheio é mais forte em mim do que dar aquela olhadinha básica no celular.

Tá lá, você e seus amigos na mesa do restaurante, ninguém quer ser o primeiro a pegar o celular, ser acusado de sem educação e estas coisas todas.

Posso viver sem celular em um restaurante, tudo bem! Porém, meu copo provavelmente deve estar cheio… e é isso aí!

Já ouvi dizer que isto se chama Síndrome do Copo Cheio (? rsrs). Não sei se é real, também não duvido desta possibilidade, já que existem milhares de síndromes por aí!

Eu tenho esta necessidade. Se meu copo estiver cheio, me sinto mais confortável, participativo, entrosado e inserido ao grupo. Doideira?! Pode ser… porque não?!

Talvez, seja uma baita falta de educação, é verdade, mas como dos poucos grupos de amigos que frequento, têm o hábito de repararem nestes detalhes, então… ótimo!

Tenho um grande amigo que me diz que andar comigo não é fácil. Tenho muitos costumes estranhos e que levam um certo tempo para resolver: Comer, ir ao banheiro, tomar água e escutar músicas da minha preferência. Pois é, sou um cara difícil de agradar neste sentido também.

Música não pode ser qualquer uma, tem que ter um significado, ser boa de ouvir, que me faça curtir o ambiente e me remeter a algo legal.

Logo, imagino que deva ser um saco ir comigo em um lugar distante!

Nada de tocar sertanejo, funk e afins!!! Peço desculpas os que gostam e tocam estes ritmos. Nada pessoal, mas não dá, devo uma satisfação aos meus ouvidos!

Enfim, amiguinhos, minha mensagem é simples: Música, conforto, boa companhia e o copo…cheios!

Ei! Todos têm suas próprias regras. Uns um pouco menos e outros um pouco mais. Normal? Eu acho!

Então, este não é um texto profundo, pois também tenho cá minha bobiça!!! :p

 

 

Anúncios