E o dia chega ao fim! No lugar, em rápidos minutos, um calmo e silencioso final de tarde vai surgindo, em uma troca de cores e temperaturas, perceptíveis. Lindo e marcante, logo depois de toda a intensidade que um dia ensolarado pôde proporcionar!

Poses, corpos, naturalidades forçadas, pessoas para todos os lados e tudo mais que possa haver em um maravilhoso dia de verão vai desaparecendo.

Quem está na água, em um dos lugares mais privilegiados da praia, logo depois da arrebentação, percebe que o dia se vai aos poucos e depois de uma luminosidade especial, tudo vai perdendo a definição… vagarosamente. Assim, tudo que há a volta, tem a intensidade diminuída: a paisagem se transforma, se acalma, silencia e vai desaparecendo pacificamente junto com a luminosa tarde agitada.

As emoções se assentam, a euforia some e a serenidade surge em seu lugar!

Naquele dia, especialmente,  há um observador atento. Seu coração, cheio de gratidão e Amor, observa o céu azulado sumir no horizonte, enquanto em seu lugar um tom violeta surge manso. Ele nota e dá importância nas transformações que ocorrem à sua volta. Tem a preocupação de parar seu tempo e observar com calma a escuridão de meios tons alaranjados, violetas, azuis e sombras que surgem e inundam o ambiente.

Sua alma está em paz e unificada naquele momento, por isso, apenas sente o balanço das águas, como uma enorme manta, enquanto sua mente tranquila se sente satisfeita por vivenciar aquele dia perfeito. Ele sabe do privilégio que é estar ali… e agradece!

Pensa nas pessoas ao seu redor, alguns poucos, que, assim como ele, também reconhecem a beleza daquele momento com o coração iluminado.

Ao contrário daquele dia que se finda e escurece, sua alma acende e brilha! O que se percebe, ao interiorizar aquele momento, é que existe uma luminosidade muito maior do que a que se vê por fora!

Rema devagar, aparentando não querer sair. Vai se desligando daquele lugar, daquele dia, mas não perde o foco: a satisfação!

O sol vai desaparecendo e um brilho vai tomando conta, se materializando através de um belo sorriso em seu rosto.

Os que o cercam, se não estão na mesma sintonia, logo notam algo especial, talvez uma presença, uma energia, algo que contagia e faz bem!

Os religiosos e os mais sensíveis aos assuntos da alma, sentem esta plenitude, lembram de Deus e agradecem!

Os de bom coração, de igual energia e vivência, fortalecem ainda mais esta ligação com o que chamam de Mãe Natureza e também agradecem.

Os apagados e consumidos pela escravidão diária de suas rotinas sentem que há algo especial ao redor, por isso, se sentem atraídos e confortados, então, agradecem mesmo sem saber exatamente pelo o que.

Ele, que caminha com aquele brilho especial, sempre agradece e promete a cada dia, a cada hora, que nunca esquecerá ou deixará que isto suma de sua vida! Pois sabe que, seu destino e sua alegria estão indiscutivelmente ligados ao Mar.

Anúncios